sexta-feira, dezembro 8, 2023
In√≠cio ¬Ľ Ap√≥s Israel matar 11 na Cisjord√Ęnia, Palestina ataca e fere ao menos sete pessoas em Tel Aviv

Ap√≥s Israel matar 11 na Cisjord√Ęnia, Palestina ataca e fere ao menos sete pessoas em Tel Aviv

Autoridades informaram que o agressor foi neutralizado;

por Ayrton Lemos
0 Coment√°rio

Um ataque com carro em¬†Tel Aviv, em¬†Israel, deixou ao menos sete feridos nesta ter√ßa-feira, 4. A pol√≠cia israelense recebeu den√ļncias de ‚Äúum carro que atacou v√°rios civis‚ÄĚ no norte da cidade e afirmou que ‚Äúneutralizou o agressor‚ÄĚ. Segundo as autoridades locais, o ataque foi realizado por um palestino e o atropelamento foi intencional. Na sequ√™ncia, o suspeito ainda esfaqueou outras pessoas. ‚ÄúUm suspeito que dirigia um ve√≠culo atropelou pedestres que estavam em um centro comercial da rua Pinchas Rosen (em Tel Aviv), saiu do ve√≠culo e esfaqueou outras pessoas com um objeto pontiagudo‚ÄĚ, disse um comunicado da pol√≠cia. Os m√©dicos informaram que cinco feridos foram levados para hospitais, mas a pol√≠cia anunciou que o ataque deixou sete v√≠timas no total. De acordo com a pol√≠cia, ‚Äúsete pessoas ficaram feridas no incidente: tr√™s delas em estado grave, duas em estado moderado e duas em estado leve, que foram levadas para os hospitais de Beilinson e Ichilov‚ÄĚ.

‚ÄúChegamos ao local com ambul√Ęncias de terapia intensiva. Vimos que era uma cena muito grave, e cinco feridos estavam ca√≠dos perto de um ponto de √īnibus, uma mulher de 46 anos estava ca√≠da na cal√ßada consciente e com les√Ķes em v√°rios sistemas, outros quatro feridos na faixa dos 30 anos sofreram ferimentos moderados e leves e foram levados para o hospital em uma ambul√Ęncia de terapia intensiva‚ÄĚ, disse o param√©dico Alon Shonim, do servi√ßo de emerg√™ncia Magen David Adom (MDA, equivalente √† Cruz Vermelha). At√© agora, n√£o foi revelado oficialmente a identidade do agressor, mas as autoridades israelenses costumam usar a palavra ‚Äúterrorista‚ÄĚ quando se trata de um palestino que comete um crime por motivos nacionalistas. A imprensa local o identificou como Hasin Jalila, de 23 anos, morador da cidade de Samu, no sul da Cisjord√Ęnia, que entrou em Israel com permiss√£o para receber tratamento m√©dico.

palestina

Um jovem palestino queima pneus durante um protesto na cerca da fronteira com Israel a leste da cidade de Gaza ‚ĒāMahmud HAMS / AFP

O ataque coincide com a escalada do conflito entre israelenses e palestinos e no segundo dia da maior incurs√£o militar na Cisjord√Ęnia em 20 anos ‚Äď o territ√≥rio √© ocupado por Israel desde 1967. Israel tamb√©m registra manifesta√ß√Ķes contra a reforma judicial que o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, quer realizar. O ex√©rcito israelense disse ter ‚Äúneutralizado‚ÄĚ um po√ßo subterr√Ęneo usado para armazenar explosivos. ‚ÄúOs soldados localizaram e desmantelaram duas salas de opera√ß√Ķes pertencentes a organiza√ß√Ķes terroristas na √°rea‚ÄĚ, acrescentou em um comunicado nesta ter√ßa.  A opera√ß√£o israelense no campo de refugiados de Jenin desencadeou s√©rios confrontos com mil√≠cias locais que at√© agora deixaram ao menos 11 palestinos mortos e mais de 100 feridos. O movimento isl√Ęmico Hamas, que governa de fato em Gaza e √© considerado terrorista por Israel e Estados Unidos, amea√ßou se vingar de Israel, e hoje elogiou o ataque em Tel Aviv como ‚Äúuma vingan√ßa her√≥ica pela opera√ß√£o de Jenin‚ÄĚ.

A Cisjord√Ęnia vive seu auge de viol√™ncia desde a Segunda Intifada (2000-2005). A viol√™ncia relacionada ao conflito israelense-palestino matou ao menos 187 palestinos, 25 israelenses, um ucraniano e um italiano, segundo um balan√ßo feito com base em fontes oficiais.¬†A opera√ß√£o realizada desde segunda-feira, 3, acontece sob o governo mais conservador da hist√≥ria de Israel e utiliza ve√≠culos blindados, escavadeiras militares e drones. O ex√©rcito bombardeou um ‚Äúcentro de opera√ß√Ķes conjuntas‚ÄĚ que, segundo Israel, serve como ponto de comando da ‚ÄúBrigada Jenin‚ÄĚ, um grupo militante local. Simultaneamente √† escalada do conflito na Cisjord√Ęnia, a √°rea tem assistido √† prolifera√ß√£o de novos grupos armados palestinos, que realizam cada vez mais ataques e deixaram 25 mortos do lado israelense, a maioria colonos e cinco menores de idade.¬† Os confrontos entre as for√ßas israelenses e os palestinos provocaram, na noite de segunda-feira, a fuga de ‚Äúcerca de 3.000‚ÄĚ residentes do campo, onde vivem 18.000 palestinos, segundo o vice-governador de Jenin, Kamal Abu al-Rub.

você pode gostar

Deixe um coment√°rio

Portal de Notícias 

Saiu no DF, Saiu aqui.

Escolhas dos editores

Artigos Mais Recentes