segunda-feira, dezembro 11, 2023
In√≠cio ¬Ľ Mais de 100 alunos de Brazl√Ęndia t√™m aulas de cidadania e preserva√ß√£o

Mais de 100 alunos de Brazl√Ęndia t√™m aulas de cidadania e preserva√ß√£o

Programa DF Legal nas Escolas foi retomado nesta quarta-feira (3), no CED Irmã Maria Regina Velanes Regis. Meta da secretaria é atingir pelo menos 1.000 estudantes este ano

por Ricardo Souza
0 Coment√°rio

Este m√™s de maio de 2023 marca o retorno do programa DF Legal nas Escolas aos col√©gios do Distrito Federal, ap√≥s dois anos parado devido √† pandemia e √† renova√ß√£o da parceria com a Secretaria de Educa√ß√£o. Na retomada, 110 alunos do Centro Educacional Irm√£ Maria Regina Velanes Regis, na √°rea rural de Brazl√Ęndia, receberam, nesta quarta-feira (3), no√ß√Ķes de cidadania e uma aula de como preservar a ordem urban√≠stica na capital federal.

A iniciativa leva palestras e din√Ęmicas em grupo para alunos dos ensinos fundamental e m√©dio. Ao longo de uma hora e meia, estudantes de 16 e 17 anos, moradores da regi√£o, acompanharam com aten√ß√£o explica√ß√Ķes sobre o descarte incorreto de res√≠duos, a ocupa√ß√£o irregular do solo e sobre como denunciar esses desvios √† fiscaliza√ß√£o. As aulas s√£o ministradas por auditores e inspetores do DF Legal.

Fabrine da Silva, 16, aluna do 3¬ļ ano, conta que o pai dela √© agricultor e que sempre ouviu falar sobre o tema. ‚ÄúN√£o sabia que era o DF Legal que faz a fiscaliza√ß√£o, mas sempre ou√ßo meu pai falar sobre invas√£o de terra e a preocupa√ß√£o com os rios daqui‚ÄĚ, diz.

J√° Deyvis Xavier, 17, tamb√©m do 3¬ļ ano, disse que a ocupa√ß√£o desordenada do solo chamou a aten√ß√£o dele. ‚ÄúEles [os fiscais] falaram dessa quest√£o de manter a cidade organizada, para que todos possam viver bem. N√£o d√° para ir construindo e atrapalhando o espa√ßo dos outros. √Č algo que vou comentar com meus pais‚ÄĚ, comenta o jovem morador do N√ļcleo Rural Radiobr√°s.

Parcelamento irregular de terra é comum

‚ÄúA partir do momento em que o jovem come√ßa a debater isso no contexto da escola, ele, como agente transformador, leva esses conhecimentos para dentro da fam√≠lia, na regi√£o onde vive e amplia a discuss√£o de assuntos t√£o relevantes para o conv√≠vio em sociedade‚ÄĚ, lembrou a subsecret√°ria da Educa√ß√£o B√°sica, I√™des Braga, que acompanhou a aula. ‚ÄúTemos v√°rios condom√≠nios aqui na regi√£o como Rodeador, Radiobr√°s, Canh√£o e outros que convivem com o parcelamento irregular nas ch√°caras. Esse tipo de aprendizado tem a ver com a realidade deles e √© bom que se conscientizem‚ÄĚ, exemplificou a diretora do CED Irm√£ Maria Regina Velanes Regis, Lilian Oliveira.

A meta do DF Legal nas Escolas √© chegar a pelo menos 1.000 alunos de todas as regi√Ķes administrativas at√© o fim do ano. Enxergado por muitos como ‚Äú√≥rg√£o repressor‚ÄĚ, conforme lembrou o secret√°rio-executivo Francinaldo Oliveira, a pasta quer levar √† comunidade antes de tudo educa√ß√£o e condutas para se preservar o espa√ßo p√ļblico e a conviv√™ncia harm√īnica.

‚Äú√Č um programa fundamental em que levamos para a comunidade escolar dicas sobre como identificar irregularidades e a quem recorrer‚ÄĚ, informou Francinaldo. ‚ÄúE que eles possam aprender que ao invadir um espa√ßo p√ļblico se prejudica a todos, que o descarte irregular de res√≠duos √© mal√©fico, entre outros pontos‚ÄĚ.

você pode gostar

Deixe um coment√°rio

Portal de Notícias 

Saiu no DF, Saiu aqui.

Escolhas dos editores

Artigos Mais Recentes