segunda-feira, dezembro 11, 2023
In√≠cio ¬Ľ Como a tecnologia pode ser usada para gerir de pessoas e potencializar talentos

Como a tecnologia pode ser usada para gerir de pessoas e potencializar talentos

Discuss√Ķes no Web Summit Rio debatem a figura do ser humano no ponto central das transforma√ß√Ķes digitais

por Ricardo Souza
0 Coment√°rio

Paralelo com discuss√Ķes sobre a intelig√™ncia artificial, uso de m√°quinas e grande massa de dados, as discuss√Ķes sobre como gerir pessoas e potencializar talentos √© parte fundamental para o bom andamento dos neg√≥cios. No Web Summit Rio, palestras trazem o ser humano como ponto central da transforma√ß√£o do presente para discutir as melhores formas de usar a tecnologia como aliada aos indiv√≠duos.

O Web Summit Rio tem apoio da Invest.Rio | Prefeitura do Rio de Janeiro e do Senac RJ que, junto do Sebrae, tamb√©m apresentam a divulga√ß√£o e cobertura do evento na Editora Globo, por meio do jornal O GLOBO, do Valor Econ√īmico, da √Čpoca Neg√≥cios e da R√°dio CBN.

A CEO da FRST, Juliana Scarpa, apresentou, no palco da B3, como a tecnologia pode ser uma aliada na qualifica√ß√£o de funcion√°rios. Para ela, a performance por meio do aprendizado √© a maior oportunidade das organiza√ß√Ķes neste momento.

‚ÄĒ Intelig√™ncia artificial somada √† ‚Äúestrat√©gia de plataforma‚ÄĚ possibilita revolucionar o modelo de aprendizado nas organiza√ß√Ķes, conectando pessoas e conhecimento de forma altamente personalizada. O foco nas solu√ß√Ķes de problemas reais vivenciados nas organiza√ß√Ķes e o desenvolvimento das habilidades do novo mundo do trabalho conectam o momento de ‚Äúaprender e trabalhar‚ÄĚ tornando real o lifelong learning‚ÄĒ disse Juliana.

Uma pesquisa realizada pela consultoria Falconi com cerca de 400 empresas mostra que 64% das organiza√ß√Ķes t√™m um processo padronizado e formalizado de gest√£o de performance. Por√©m, entre os 36% que n√£o t√™m essa gest√£o estruturada, 74% reconhecem a import√Ęncia e pretendem implementar em um per√≠odo de dois anos por motivos como reconhecimento, engajamento para atingir resultados e promo√ß√£o de equipes de alta performance.

‚ÄĒ As pessoas est√£o se tornando cada vez mais o grande ator que diferencia as empresas umas das outras. √Č importante que as organiza√ß√Ķes invistam no desenvolvimento de seus funcion√°rios para agregar valor ao neg√≥cio.‚ÄĒ diz o diretor de solu√ß√Ķes de Gente Fernando Ladeira.

Apostar na potência dos jovens

Para as engrenagens funcionarem √© preciso formar novos profissionais que implantem as tecnologias no ambiente de neg√≥cios. Mundo afora, as empresas sofrem com o “gap de talentos” e n√£o encontra com facilidade m√£o de obra qualificada.

Para tentar suprir esse problema e potencializar a juventude das favelas do Rio, a Cris dos Prazeres fundou a Vai na Web, rede de alta tecnologia e impacto social. No debate no palco do Senac, ela contou que na empresa o jovem aprende a trabalhar com clientes reais e se desenvolve no mundo da tecnologia. Entre os projetos já atendidos pela rede está o desenvolvimento de um sistema de telemedicina para regular as filas de espera para consultas com médicos especialistas de cinco capitais do Brasil. A parceria foi feita com o Hospital Sírio-Libanês e o PROADI-SUS.

‚ÄĒ O letramento digital √© a porta de entrada para qualificar o profissional. E a tecnologia n√£o vai parar, essa √© a gera√ß√£o que quer mais tecnologia. Quando trabalhamos com projetos reais, a empresa identifica um talento que participou e o contrata. Ele sai muito mais seguro do que vai fazer ,desensolve outras compet√™ncias e entende o lugar dele no mundo da tecnologia ‚ÄĒ contou Cris.

você pode gostar

Deixe um coment√°rio

Portal de Notícias 

Saiu no DF, Saiu aqui.

Escolhas dos editores

Artigos Mais Recentes