s√°bado, dezembro 2, 2023
In√≠cio ¬Ľ Ucr√Ęnia envia drones ao Kremlin para matar Putin

Ucr√Ęnia envia drones ao Kremlin para matar Putin

A R√ļssia alega que a Ucr√Ęnia usou dois drones para atacar o Pal√°cio do Kremlin, local da resid√™ncia oficial do presidente Vladimir Putin

por Ricardo Souza
0 Coment√°rio

O governo da R√ļssia acusou a Ucr√Ęnia de usar drones para atacar o Kremlin, onde a resid√™ncia oficial do presidente Vladimir Putin fica localizada. Segundo a imprensa presidencial russa, o l√≠der do Executivo n√£o ficou ferido e n√£o houve danos materiais aos edif√≠cios.

Por outro lado, os ucranianos negam envolvimento no incidente. √Ä BBC Ucr√Ęnia, o secret√°rio de imprensa do presidente Volodymyr Zelensky, Serhiy Nikiforov, negou as acusa√ß√Ķes de participa√ß√£o do pa√≠s no ataque ao Kremlin. A R√ļssia alega que dois drones ucranianos tentaram atacar a resid√™ncia de Putin na noite dessa ter√ßa-feira (2/5).

O gabinete da presid√™ncia afirmou que a agenda de Putin n√£o foi alterada devido ao ataque. O Kremlin descreveu o incidente como um ‚Äúataque terrorista planejado e uma tentativa de assassinato‚ÄĚ e prometeu retaliar.

‚ÄúO Kremlin avaliou essas a√ß√Ķes como um ato terrorista planejado e uma tentativa de assassinato do presidente na v√©spera do Dia da Vit√≥ria, o desfile de 9 de maio‚ÄĚ, disse a RIA. O porta-voz presidencial Dmitry Peskov disse √† RIA que Putin n√£o estava no Kremlin no momento do ataque dos drones ucranianos.

‚ÄúO lado russo se reserva o direito de tomar medidas de retalia√ß√£o onde e quando achar adequado‚ÄĚ, afirmou. O pa√≠s est√° em conflito com a Ucr√Ęnia h√° mais de um ano. At√© o momento, a R√ļssia continua promovendo a guerra e n√£o d√° sinais de uma poss√≠vel tr√©gua.

Mais cedo, vídeo com os supostos ataques viralizaram no Telegram e nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver um objeto atingir o teto do Palácio do Kremlin e, logo em seguida, uma explosão. No local, se formou uma nuvem de fumaça branca.

você pode gostar

Deixe um coment√°rio

Portal de Notícias 

Saiu no DF, Saiu aqui.

Escolhas dos editores

Artigos Mais Recentes