quarta-feira, dezembro 6, 2023
In√≠cio ¬Ľ Com quase R$ 168 milh√Ķes em recursos, Ceil√Ęndia completa 52 anos

Com quase R$ 168 milh√Ķes em recursos, Ceil√Ęndia completa 52 anos

Aporte foi aplicado em grandes obras para atender aos mais de 350 mil habitantes da região; comemoração de aniversário segue nesta segunda (27)

por Ricardo Souza
0 Coment√°rio

Reduto de cultura, hist√≥ria e modernidade, Ceil√Ęndia completa 52 anos nesta segunda-feira (27). Regi√£o administrativa mais populosa do Distrito Federal, com 350.347 habitantes, a cidade ocupa √°rea superior a 19 mil hectares e recebeu, desde 2019, R$ 167,8 milh√Ķes em investimentos do Governo do Distrito Federal (GDF) em obras de infraestrutura, educa√ß√£o, sa√ļde e mobilidade.

‚ÄúCeil√Ęndia n√£o √© uma cidade velha, mas est√° envelhecida, ou seja, a infraestrutura precisa de manuten√ß√£o ‚Äď e alguns pontos, at√© de reconstru√ß√£o‚ÄĚ, afirma o administrador regional Dilson Resende. ‚Äú√Č uma cidade que est√° crescendo cada dia mais e melhorando com as a√ß√Ķes do governo, sendo bem atendida.‚ÄĚ

A regi√£o conta com duas unidades de pronto atendimento (UPAs) para atender situa√ß√Ķes emergenciais. A √ļltima a ser inaugurada foi a UPA 2, na Expans√£o do Setor O, com aporte de R$ 5,4 milh√Ķes. Al√©m disso, s√£o 16 unidades b√°sicas de sa√ļde (UBSs) distribu√≠das pela cidade. A mais nova √© a UBS 15, na QR 2, constru√≠da com investimento de R$ 3,3 milh√Ķes.

Obras por toda parte

Em abril de 2021, foi reaberta a Casa da Mulher Brasileira, na CNM 1, ao custo inicial de R$ 1,3 milh√£o. At√© abril do ano passado, mais de 3,7 mil mulheres em situa√ß√£o de viol√™ncia foram atendidas pelo servi√ßo p√ļblico. No √Ęmbito de infraestrutura, seguem as obras da primeira etapa de moderniza√ß√£o da Avenida H√©lio Prates, ao custo de R$ 20,2 milh√Ķes. O pacote contratado inclui pavimenta√ß√£o, drenagem, remodela√ß√£o de cal√ßadas e estacionamentos.

J√° nos setores de ind√ļstrias e de materiais de constru√ß√£o das √°reas de desenvolvimento econ√īmico (ADEs), as obras caminham para o fim. O investimento de mais de R$ 67,5 milh√Ķes contempla urbaniza√ß√£o, mobilidade urbana, rede de √°guas pluviais, constru√ß√£o de pra√ßas e ciclovias. Em 2022, investimentos de R$ 42,4 milh√Ķes garantiram reposi√ß√£o, implanta√ß√£o, eficientiza√ß√£o e manuten√ß√£o de ilumina√ß√£o p√ļblica em diversos bairros de Ceil√Ęndia.

Al√©m das grandes obras, diariamente, equipes da administra√ß√£o regional e do programa GDF Presente, em parceria a outros √≥rg√£os do governo, executam manuten√ß√£o por toda a cidade. H√° ainda esfor√ßos para viabilizar projetos para entregar aos ceilandenses uma cidade ainda mais estruturada e organizada, conforme revela o gestor da regi√£o: ‚ÄúTemos um planejamento de trabalho para atender a malha vi√°ria de Ceil√Ęndia no per√≠odo da seca e evitar problemas com alagamentos e enchentes nos pr√≥ximos meses de chuva‚ÄĚ.

Em rela√ß√£o √† educa√ß√£o, mais de R$ 900 mil foram aplicados na reforma de unidades de ensino antes do per√≠odo letivo deste ano. Atualmente, segue em andamento a reforma do Centro de Ensino M√©dio (CEM) 10, ao custo de R$ 5,1 milh√Ķes, e a reconstru√ß√£o da Escola Classe 59 (EC 59), por R$ 6,1 milh√Ķes. Em 2020, foi entregue o Centro de Ensino da Primeiro Inf√Ęncia (Cepi) Papagaio, constru√≠do com aporte de R$ 3,1 milh√Ķes.

Revolução

Por meio da Campanha de Erradica√ß√£o de Invas√Ķes (CEI) ‚Äď sigla que deu origem ao nome da regi√£o -, Ceil√Ęndia surgiu como um grande projeto de reloca√ß√£o das pessoas que moravam em √°reas n√£o regulares. Em 27 de mar√ßo de 1971, come√ßaram a ser transferidos para os setores M e N ao norte de Taguatinga cerca de 82 mil moradores da Vila do Iapi, Vila Ten√≥rio, Vila Esperan√ßa, Vila Bernardo Say√£o, Colombo e Morro do Querosene.

‚Äú√Č uma cidade de empreendedores, de pessoas que vieram do interior do Brasil e mudaram suas vidas‚ÄĚClemilton Saraiva, presidente da Acic

De l√° para c√°, a cidade se transformou. Dados da Pesquisa Distrital por Amostra de Domic√≠lios (Pdad) 2021 indicam que 54,4% da popula√ß√£o de Ceil√Ęndia √© economicamente ativa; desse total, 30% trabalham no com√©rcio e 43% atuam na mesma regi√£o em que moram. Mais de 50% dos residentes s√£o do sexo feminino e t√™m idade m√©dia de 34,3 anos.

‚Äú√Č uma cidade de empreendedores, de pessoas que vieram do interior do Brasil e mudaram suas vidas‚ÄĚ, afirma o diretor financeiro da Associa√ß√£o Comercial de Ceil√Ęndia (Acic), Clemilton Saraiva, que vive em Ceil√Ęndia h√° 45 anos. ‚ÄúDo ponto de vista comercial, Ceil√Ęndia tem em torno de 17 mil empresas, entre comerciais, ind√ļstrias e prestadoras de servi√ßos, al√©m de cerca de 38 mil microempreendedores individuais‚ÄĚ, completa, com base nos dados obtidos pela Acic.

‚ÄúA partir do momento em que as pessoas conhecem a dimens√£o de Ceil√Ęndia, sentem orgulho‚ÄĚ, avalia Saraiva, que est√° produzindo o livro Ceil√Ęndia: do Preconceito ao Orgulho. ‚ÄúMoro aqui e n√£o vou sair, me sinto em comunidade. √Č um lugar pungente, em que as pessoas se reinventaram e criaram a pr√≥pria realidade.‚ÄĚ

Capital nordestina

Ainda conforme a Pdad 2021, quando questionados sobre a origem, 56,8% dos moradores de Ceil√Ęndia disseram ter nascido fora do Distrito Federal. Desses, 15,3% s√£o do Piau√≠, 12,5% da Bahia e 12,4% do Maranh√£o.

A feirante Maria Edeusi Silva, 71, se encaixa nesse perfil. Em dezembro de 1971, gr√°vida do primeiro filho, a baiana chegou √† capital federal e instalou-se no barraco da cunhada, no N√ļcleo Bandeirante. Poucas semanas depois, foi transferida para Ceil√Ęndia junto ao marido. ‚ÄúVim no caminh√£o de madeira com um barrig√£o e com as pernas inchadas‚ÄĚ, relembra.

Maria conta que, aos poucos, evoluiu do barraco de madeira para uma casa com a estrutura adequada para a cria√ß√£o dos filhos e netos. E, segundo ela, a cidade foi crescendo no mesmo ritmo. ‚ÄúMudou muito; √© um √≥timo lugar para se viver‚ÄĚ, avalia a feirante. ‚ÄúAmo Ceil√Ęndia, n√£o troco por nenhuma outra cidade ‚Äď nem Plano Piloto, Guar√°, Vicente Pires, n√£o troco. Tenho um amor muito grande por aqui‚ÄĚ.

H√° mais de 30 anos, Maria Edeusi trabalha com a venda de brinquedos, mochilas, chap√©us, entre outros itens, na Feira da Guariroba. O espa√ßo est√° sendo reformado pela Novacap, com manuten√ß√Ķes nas instala√ß√Ķes el√©tricas e na estrutura em geral, a partir do aporte de R$ 2,7 milh√Ķes.

A Feira Central de Ceil√Ęndia tamb√©m est√° com obras em andamento. O investimento √© superior a R$ 723 mil e contempla a manuten√ß√£o do telhado, a recupera√ß√£o dos alambrados e dos banheiros, a recupera√ß√£o e a pintura dos pilares met√°licos, a moderniza√ß√£o da ilumina√ß√£o interna e a pintura externa. Nas feiras do P Norte, do P Sul e do Setor O, os servi√ßos de conserva√ß√£o e repara√ß√£o j√° foram conclu√≠dos. Os investimentos nos tr√™s equipamentos p√ļblicos, somados, chegam a R$ 2.215.062,49.

Entre as obras tocadas atualmente, destaca-se a reforma da Pra√ßa da Esta√ß√£o do Metr√ī Ceil√Ęndia Centro

Outro ponto que recebeu melhorias foi a Casa do Cantador ‚Äď obra de Oscar Niemeyer conhecida como Pal√°cio da Poesia e √≠cone de manifesta√ß√Ķes culturais nordestinas. Em 2021, com recursos de R$ 282 mil, foi finalizada a restaura√ß√£o da fachada e moderniza√ß√£o da parte el√©trica do espa√ßo.

Tamb√©m foram executadas melhorias nas pra√ßas, parques infantis, academias comunit√°rias e campos de futebol da regi√£o. Entre os novos espa√ßos constru√≠dos desde 2019, destacam-se os campos de futebol de grama sint√©tica na EQNN 8/10 e QNQ 25, que custaram R$ 1,2 milh√£o. Houve ainda a inaugura√ß√£o da Pra√ßa dos Direitos, que teve investimento de R$ 2,7 milh√Ķes, e segue em andamento a reforma e urbaniza√ß√£o da Pra√ßa da Esta√ß√£o de Metr√ī Ceil√Ęndia Centro, obra para a qual tamb√©m est√£o sendo destinados R$ 2,7 milh√Ķes.

Comemoração

A festa de anivers√°rio de Ceil√Ęndia come√ßou no in√≠cio deste m√™s, com competi√ß√Ķes esportivas e eventos culturais, e continua nesta segunda-feira (27). A partir das 11h, ser√° realizada uma homenagem √† cidade na administra√ß√£o regional, na Pra√ßa do Trabalhador, na QNM 13. Haver√° corte de bolo, apresenta√ß√Ķes de m√°gica para a crian√ßada e muita m√ļsica com os projetos Feira de Talentos e M√ļsica e Cidadania.

Programação

A partir das 11h ‚Äď corte do bolo
‚Üí Palco Feira de Talentos
→ Mágico Tio André
‚Üí Turma do Cerradinho
‚Üí Art Sublime
‚Üí Banda Safira
‚Üí Alisson e Ariel
‚Üí Squema Seis
‚Üí¬†Palco M√ļsica e Cidadania
‚Üí Menino de Ceil√Ęndia
‚Üí Trio Biju
‚Üí Trio Moinho d‚Äô√Āgua
‚Üí Rafael Silva
‚Üí Gal√£ do Piseiro.

você pode gostar

Deixe um coment√°rio

Portal de Notícias 

Saiu no DF, Saiu aqui.

Escolhas dos editores

Artigos Mais Recentes