s√°bado, dezembro 2, 2023
In√≠cio ¬Ľ Voa, Brasil vai emitir quase 12 milh√Ķes de passagens por ano a R$ 200

Voa, Brasil vai emitir quase 12 milh√Ķes de passagens por ano a R$ 200

Lançamento do programa deve ocorrer no segundo semestre

por Ricardo Souza
0 Coment√°rio

O ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, anunciou, neste fim de semana, que o governo federal vai lançar o programa Voa, Brasil, de redução de preços de passagens aéreas no país. O objetivo é democratizar o acesso a passagens de avião, com custo estimado em R$ 200 por trecho voado.

Pelo programa, ser√£o beneficiados servidores p√ļblicos nos tr√™s n√≠veis de governo (municipal, estadual e federal) com sal√°rios de at√© R$ 6,8 mil, aposentados e pensionistas da Previd√™ncia Social e estudantes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), programa do Minist√©rio da Educa√ß√£o. ‚ÄúN√£o era justo fazer essa passagem para os executivos que t√™m condi√ß√£o de pagar pre√ßos maiores‚ÄĚ, pontua o ministro.

Fran√ßa garante que a passagem n√£o vai ficar mais cara aos demais passageiros, porque o custo de cada trecho √© calculado considerando o n√ļmero de assentos por quil√īmetro voado. ‚ÄúQuanto mais assentos por quil√īmetro estiverem preenchidos, mais barato tem que ficar o pre√ßo.‚ÄĚ

De acordo com o minist√©rio, a inten√ß√£o √© vender esses bilhetes mais baratos fora da alta temporada, em dois per√≠odos: de fevereiro a junho e de agosto a novembro, quando tradicionalmente ocorre uma ociosidade m√©dia de 21% nos voos dom√©sticos. “Com isso, a gente vai acabar barateando todas as passagens, porque na medida em que n√£o tem mais ociosidade, as outras passagens tamb√©m podem ficar mais baratas‚ÄĚ, projeta o ministro.

Os participantes poderão comprar até duas passagens por ano, com direito a um acompanhante em cada trecho. Os bilhetes deverão ser pagos em até 12 vezes com juros, no valor de até R$ 72 para cada prestação.

Fran√ßa esclarece que o governo federal n√£o vai entrar com subs√≠dio. “Vai entrar com a organiza√ß√£o‚ÄĚ. As vendas ser√£o feitas nos sites das pr√≥prias companhias a√©reas, que devem exibir a op√ß√£o Voa, Brasil. Os interessados que se enquadrarem nos crit√©rios para participar do programa poder√£o realizar a compra, que ser√° intermediada pela Caixa Econ√īmica e pelo Banco do Brasil.

Em nota, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) diz que está acompanhando a proposta do governo e tem se colocado à disposição para contribuir no debate.

“Desde o in√≠cio do ano, a Abear e suas associadas mant√™m di√°logo constante com o Minist√©rio de Portos e Aeroportos sobre o cen√°rio do setor a√©reo e as poss√≠veis solu√ß√Ķes para o crescimento do n√ļmero de passageiros e destinos atendidos.‚ÄĚ

A previs√£o do ministro √© que o Voa, Brasil comece a funcionar no segundo semestre deste ano: “a passagem est√° muito cara hoje. As passagens t√™m que baixar de pre√ßo‚ÄĚ, finalizou o ministro.

Fonte: Agência Brasil.

você pode gostar

Deixe um coment√°rio

Portal de Notícias 

Saiu no DF, Saiu aqui.

Escolhas dos editores

Artigos Mais Recentes