segunda-feira, dezembro 11, 2023
In√≠cio ¬Ľ Governo recupera vias urbanas e rurais em Brazl√Ęndia ap√≥s fortes chuvas

Governo recupera vias urbanas e rurais em Brazl√Ęndia ap√≥s fortes chuvas

√ďrg√£os do GDF se mobilizam para a√ß√Ķes como o restabelecimento de passagens de duas pontes no N√ļcleo Cascalheira. Devido √†s tempestades, foi necess√°rio adiar o carnaval da cidade

por Marcela Alves
0 Coment√°rio

Os √≥rg√£os do Governo do Distrito Federal est√£o mobilizados para recuperar as vias urbanas e os acessos rurais de Brazl√Ęndia que foram impactados pelas fortes chuvas da tarde de ter√ßa-feira (21). Em a√ß√£o conjunta foi iniciada a limpeza e a recupera√ß√£o das pistas e o trabalho de planejamento para restabelecer as passagens de duas pontes no N√ļcleo Cascalheira, interditadas pela Defesa Civil.

As tempestades de ter√ßa-feira tamb√©m adiaram o tradicional carnaval da cidade, o Brazfolia. A festa teve que ser transferida para este s√°bado (25), na Orla do Lago Espelho D‚Äô√Āgua.

As a√ß√Ķes emergenciais em Brazl√Ęndia contam com apoio do Corpo de Bombeiros, da Pol√≠cia Militar, do Polo do GDF Presente, da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

‚ÄúHouve uma chuva muito intensa na regi√£o que danificou alguns pontos na cidade. Ainda ontem √† noite foi feita a interdi√ß√£o das pontes de forma emergencial e hoje iniciamos o trabalho de recupera√ß√£o‚ÄĚ, explica o administrador de Brazl√Ęndia, Marcelo Gon√ßalves.

O primeiro servi√ßo consiste na limpeza das vias com a retirada da lama e galhos para desobstruir a passagem. H√° 40 pessoas trabalhando na for√ßa-tarefa, que conta com apoio de sete caminh√Ķes.

Na quinta-feira (23) come√ßam os trabalhos nas proximidades das pontes interditadas, sendo uma que liga a quadra 4 Sul ao n√ļcleo rural e a outra que d√° acesso entre o Setor de Oficinas e a Cascalheira. Os locais est√£o fechados ap√≥s visita da Defesa Civil na noite de ter√ßa-feira.

‚Äú√Č um terreno que est√° desbarrancando e desmoronando, por isso n√£o √© seguro que as pessoas fiquem transitando. Sabemos que √© um inc√īmodo, mas temos que ter certa prud√™ncia para que n√£o aconte√ßa nenhum acidente, como n√£o aconteceu‚ÄĚ, observa o subsecret√°rio de Defesa Civil, o tenente-coronel Sandro Gomes.

A ponte da quadra 4 Sul estava em reconstru√ß√£o desde a √ļltima chuva em dezembro do ano passado, quando a conex√£o desmoronou. J√° havia sido feita a amplia√ß√£o da galeria para dar vaz√£o √† √°gua. No entanto, com a for√ßa da chuva, o aterro come√ßou a ceder.

‚ÄúA chuva foi muito forte, o que fez alagar novamente. N√£o houve desmoronamento da ponte dessa vez, mas o desbarrancamento de terra. A interdi√ß√£o foi feita para que possamos fazer o encabe√ßamento e o muro de gabi√£o [estruturada feita com pedras para conten√ß√£o e drenagem de √°gua], com pedras revestidas de tela‚ÄĚ, define o diretor de Obras da administra√ß√£o regional, Wlisses Ara√ļjo.

No caso da outra passagem, como h√° uma nascente, a quantidade de √°gua foi maior do que o espa√ßo suporta. ‚ÄúA terra cedeu e desbarrancou uma parte da pista. Ser√° preciso fazer o reaterramento‚ÄĚ, completa.

Com previs√£o de chuva intensa por todo o Distrito Federal, a Defesa Civil alerta para que a popula√ß√£o evite pontos de alagamento no tr√Ęnsito, n√£o se abrigue embaixo de √°rvores e, em caso de risco, ligue para o n√ļmero 199.

você pode gostar

Deixe um coment√°rio

Portal de Notícias 

Saiu no DF, Saiu aqui.

Escolhas dos editores

Artigos Mais Recentes