segunda-feira, novembro 27, 2023
In√≠cio ¬Ľ Aplica√ß√£o de calc√°rio dobra quantidade de cabe√ßa por hectare‚ÄČ

Aplica√ß√£o de calc√°rio dobra quantidade de cabe√ßa por hectare‚ÄČ

Subst√Ęncia come√ßa a ser absorvida pelo solo 90 dias ap√≥s aplica√ß√£o e efeitos mais amplos ocorrem ap√≥s um ano‚ÄČ

por Marcela Alves
0 Coment√°rio

Corrigir a acidez do solo. Esta √© a principal fun√ß√£o do calc√°rio que consegue modificar a performance da propriedade com um custo relativamente baixo se levados em considera√ß√£o os benef√≠cios do mineral. Isso porque, em m√©dia um ano ap√≥s a utiliza√ß√£o, o pasto consegue dobrar a quantidade de cabe√ßa por hectare de uma para duas.‚ÄČ


‚ÄČ
Engenheiro agr√īnomo e mestre em Zootecnia, Luiz Ant√īnio Monteiro, explica que a quantidade de calc√°rio a ser utilizada depende de uma an√°lise do solo. O importante √© que seja suficiente para neutralizar o alum√≠nio e elevar a satura√ß√£o de base do solo acima de 60%, considerada boa para pastagem.‚ÄČ
‚ÄČ
‚ÄúQuando o calc√°rio come√ßa a fazer o efeito desejado temos condi√ß√£o de elevar a lota√ß√£o animal do pasto. Sem d√ļvida, um ano depois, conseguimos pelo menos dobrar a quantidade de cabe√ßa por hectare de uma para duas. O custo √© de 10 meses a um ano de aluguel de pasto por animal‚ÄĚ, explica o engenheiro que tamb√©m √© diretor-t√©cnico da Nutroeste.‚ÄČ
‚ÄČ
O especialista acrescenta tamb√©m que o calc√°rio permite que se fa√ßa a aplica√ß√£o de outros elementos minerais como f√≥sforo, pot√°ssio e nitrog√™nio que s√£o extremamente importantes para a produtividade do pasto.‚ÄČ
‚ÄČ
Mercado atual na pecu√°ria‚ÄČ
O mercado do boi gordo est√° com pre√ßos enfraquecidos e h√° uma press√£o atual de frigor√≠ficos, principalmente no Centro-Oeste brasileiro que est√° com pre√ßos mais baixos. Para quem deseja comprar bezerros, entretanto, este √© um bom momento. Segundo Monteiro, diante deste cen√°rio atual, o pecuarista precisa encontrar meios de baixar o custo de produ√ß√£o. Aumentar a lota√ß√£o do pasto, portanto, √© uma destas alternativas.‚ÄČ
‚ÄČ
O mestre em agronomia pontua que a maioria das pastagens da regi√£o j√° est√° bastante degradada porque n√£o recebe nada em troca do que produz. ‚ÄúTemos pastos com 30 anos sem nunca ter recebido calc√°rio. Se o produtor alugar um pasto assim, √© um dinheiro que n√£o ter√° retorno‚ÄĚ, diz Monteiro.‚ÄČ
‚ÄČ
Segundo ele, uma s√©rie de problemas pode ser eliminado ap√≥s um ano de aplica√ß√£o de calc√°rio. ‚ÄúO pecuarista est√° diminuindo a √°rea de pasto e sofrendo press√£o da agricultura. Se ele est√° diminuindo, tem que melhorar o pasto para conseguir manter a quantidade de animais e o uso do calc√°rio √© uma excelente op√ß√£o‚ÄĚ, acrescenta Monteiro.

você pode gostar

Deixe um coment√°rio

Portal de Notícias 

Saiu no DF, Saiu aqui.

Escolhas dos editores

Artigos Mais Recentes