s√°bado, dezembro 2, 2023
In√≠cio ¬Ľ Raparigueiros vai fazer plano de seguran√ßa com GDF para bloco continuar saindo no carnaval

Raparigueiros vai fazer plano de segurança com GDF para bloco continuar saindo no carnaval

Acordo foi feito durante reunião na tarde desta quarta-feira (22), após governadora em exercício apontar possibilidade do bloco não participar mais da folia.

por Ricardo Souza
0 Coment√°rio

Os diretores do bloco Raparigueiros, o presidente da Liga dos Blocos Tradicionais de Brasília e o secretário de Cultura e Economia Criativa Bartolomeu Rodrigues, decidiram manter o bloco no carnaval do Distrito Federal. Mas para que o Raparigueiros continue participando da folia, será feito um plano de segurança para evitar novos casos de violência.

O acordo foi feito durante uma reuni√£o, na tarde deste quarta-feira (22), ap√≥s a governadora em exerc√≠cio, Celina Le√£o (PP), apontar a possibilidade do bloco n√£o participar mais da folia ap√≥s os casos de viol√™ncia registrados no √ļltimo domingo (19). Pelo menos 10 pessoas foram esfaqueadas este ano, segundo Pol√≠cia Militar.

“Vamos fazer um plano de a√ß√Ķes e vamos avan√ßar na quest√£o da seguran√ßa. Vamos fazer um estudo sobre o bloco para mitigar o m√°ximo poss√≠vel para melhorar na quest√£o da seguran√ßa. Ficou decidido, o bloco continua. Vamos trabalhar para dar mais tranquilidade aos foli√Ķes”, disse o presidente do bloco, Jean Costa.

Entre as medidas, est√£o a melhoria da seguran√ßa e campanhas de conscientiza√ß√£o dos foli√Ķes. “Os diretores do bloco est√£o imbu√≠dos da maior boa vontade e interesse para que cheguemos a um entendimento e que eles saiam no pr√≥ximo carnaval com toda a garantia de seguran√ßa necess√°rias, que forne√ßa essa seguran√ßa para a sociedade”, disse o secret√°rio de Cultura.

Foto: Divulgação

De acordo com a governadora em exerc√≠cio, Celina Le√£o, 1,5 milh√£o de pessoas foram √†s ruas no carnaval de 2023 no Distrito Federal. Em rela√ß√£o √† seguran√ßa, ela aponta que houve uma queda de 24% em rela√ß√£o √†s ocorr√™ncias, em compara√ß√£o com 2020, √ļltimo ano que a capital celebrou a folia.

Em nota a Pol√≠cia Civil informou que o maior n√ļmero de ocorr√™ncias registradas nas delegacias foi o de furto de celulares. Ao todo, 342 aparelhos foram subtra√≠dos e 19 apreendidos, segundo dados da corpora√ß√£o contabilizados at√© ter√ßa-feira (21).

você pode gostar

Deixe um coment√°rio

Portal de Notícias 

Saiu no DF, Saiu aqui.

Escolhas dos editores

Artigos Mais Recentes